A evasão é um tema de crescente interesse ao redor do mundo (RAMOS, 2017). Historicamente, o ensino superior brasileiro enfrenta altas taxas de evasão escolar. No setor público, a entrada de alunos que, por algum motivo, não finalizam o curso representa uma soma de recursos investidos sem o retorno esperado para sociedade. Segundo Filho et al (2007), o Brasil ainda registra poucos estudos sistemáticos sobre o tema. Nessa nota, nos concentramos na análise da evasão do curso de Ciências Sociais Licenciatura da Universidade Federal de Alagoas (UFAL).