18
FEV
2019

Membro do Grupo Cidadania e Políticas Públicas defende dissertação do Mestrado

Estudante Leonardo Rodrigues

O estudante Leonardo Rodrigues de Morais integrante do Grupo de Pesquisa Cidadania e Políticas Públicas defendeu sua dissertação do Mestrado no último dia 13 deste mês, na Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Além disso, o mais novo mestre também foi aprovado no Doutorado, na Universidade de Brasília (UnB).

Leonardo Rodrigues desenvolve estudos Legislativos e possui interesse por Partidos Políticos, Eleições, Teoria Democrática e Metodologia Quantitativa. Além disso, sua linha de pesquisa é: Instituições e Análise Política.

  A dissertação teve como título: “MANDA QUEM PODE? A influência do perfil dos líderes de bancada na disciplina de proposições na Câmara dos Deputados (2007-2014)”.

De acordo com o estudante, o objetivo da dissertação é verificar se o perfil dos líderes das 53ª e 54ª legislaturas possuem um efeito no voto das bancadas em apreciação de itens destacado para votação em separado (DVS).

Com a aprovação na dissertação do mestrado, o estudante agora segue para sua mais nova missão, o doutorado, na UnB.

  Leia o resumo da dissertação de Leonardo Rodrigues:

  Qual o efeito dos líderes na disciplina de proposições legislativa na Câmara dos Deputados? As regras internas na Câmara dos Deputados permitem aos parlamentares brasileiros uma série de oportunidades para modificar proposições em trânsito na Casa. As iniciativas podem ser apresentadas individual ou coletivamente, tanto para suprimir, substituir ou modificar itens específicos do texto original. O objetivo desse trabalho é verificar se o perfil dos líderes das 53ª e 54ª legislaturas possuem um efeito no voto das bancadas em apreciação de itens destacado para votação em separado (DVS). A hipótese é que a credibilidade do líder exerce um efeito positivo na manutenção dos itens. Para testar essa hipótese será utilizada estatística descritiva e inferencial.

Esmerino de Lima é graduando em Jornalismo pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal). Integrante do grupo de pesquisa Cidadania e Políticas Públicas, do Instituto de Ciências Sociais (ICS/Ufal).

Deixe uma resposta

*

captcha *